Como planejar um novo empreendimento?

Abrir uma empresa e ser dono do próprio negócio é um sonho que muitas vezes dura pouco. No Brasil em média 50% das empresas fecham no primeiro ano por falta de lucro. Por não conseguir manter os custos de uma operação, empreendedores brasileiros acabam por encerrar seus negócios antes do que esperavam. Para não passar por essas dificuldades é muito importante que antes de abrir um CNPJ sejam feitos os estudos necessários para que o sucesso fique cada vez mais próximo.

Pensando nos empreendedores que chegaram até nós nos últimos anos, com os mais diversos problemas, resolvemos fazer este artigo. Neste texto você vai conhecer os três estudos mais importantes que precisam ser feitos antes de iniciar um novo empreendimento. Estes estudos são os mais utilizados em empreendimentos de base imobiliária e certamente vai servir pra você que deseja abrir um novo negócio.


Estudo de Viabilidade Técnica


O estudo de viabilidade técnica é aquele responsável por verificar se o seu empreendimento está de acordo com as normas e leis vigentes. Cada tipo de empreendimento tem suas características próprias, mas existem algumas leis que recaem sobre todos eles.

A primeira legislação que você precisa observar é se o plano diretor municipal e a lei municipal de uso e ocupação do solo permitem que a sua atividade seja desenvolvida no local onde você deseja instalar sua empresa. Não é difícil encontrar galpões em áreas residenciais, mas nem todas as atividades podem ser desenvolvidas nestes lugares. Caso sua atividade tenha uma grande geração de ruído, emissão de particulados ou até mesmo grande circulação de veículos pesados, você pode vir a ter problemas com a vizinhança. Então, antes de fechar um contrato de aluguel, certifique-se que o local está apto para receber a sua atividade.



Além disso, também é muito importante que sejam observadas as questões ambientais do imóvel e do empreendimento, como o tratamento dos efluentes sanitários, verificando se o imóvel é atendido pela concessionária de tratamento do seu estado, se possui sistema próprio de tratamento de esgoto ou ainda se os efluentes sanitários produzidos pela sua atividade necessitam de algum tratamento ou destinação específica, que exija a contratação de uma empresa especializada. A mesma atenção você deve dar para a questão dos resíduos sólidos, verificando se há na região disponibilidade de serviços de transporte e destinação dos resíduos que serão gerados na sua atividade. É muito importante que, antes de tomar uma decisão final, você entre em contato com o órgão responsável pelo licenciamento ambiental na região pretendida para a instalação da empresa e solicite uma Consulta Prévia. Isso vai lhe livrar de muitas dores de cabeça.

Estudo de Viabilidade Econômica


Agora que você encontrou a região mais apta a implantação do negócio é a hora de fazer uma análise de mercado e observar a viabilidade econômica do seu empreendimento. Verifique se a região será capaz de lhe atender em mão-de-obra, insumos, serviços e outros itens necessários à sua operação. Faça uma análise demográfica e veja se este local oferece facilidade para que seus potenciais clientes lhe encontrem, ou, se for o caso, se você conseguirá chegar até eles da melhor forma.

Um estudo de viabilidade econômica precisa levar em consideração o levantamento das atividades da concorrência, os riscos, a temperatura do mercado e até que ponto é possível escalar o crescimento da empresa. Além disso, apontar cenários conservadores, realistas e otimistas. Para isso, você pode usar ferramentas como SWOT, PDCA e outras. A verdade é que o estudo de viabilidade econômica passa por uma profunda análise de mercado que permite ao empreendedor conhecer o terreno onde está pisando.


Estudo de Viabilidade Financeira


Embora muitos autores confundam os dois estudos de viabilidade, chegando até mesmo a falar em viabilidade "econômico-financeira", eu acredito que o melhor é colocar cada coisa no seu lugar. Principalmente se você não é um empreendedor muito experiente. Quanto mais detalhados forem os processos, mais informação chegará até você e mais controle você terá da situação.

Então, o estudo de viabilidade financeira é aquele em que serão feitas projeções financeiras da sua empresa. Caso você esteja replicando um operação em um novo local, será possível utilizar algumas informações das suas filiais já em operação, mas... não há qualquer motivo para acreditar que uma loja nova terá os mesmo resultado de uma loja já em funcionamento, por isso é tão importante que as projeções financeiras estejam baseadas nas informações levantadas na análise de mercado feita anteriormente no estudo de viabilidade econômica.

Com base nisso e o auxílio de um profissional habilitado e capacitado você terá informações suficientes para planejar sua movimentação financeira nos próximos 12 meses e esperançar o seu progresso nos próximos cinco anos.


Conclusão


Para não sofrer os problemas mais comuns daqueles que não conseguem concluir seus objetivos, planeje com seriedade os seus passos. Sem dúvidas aqueles que planejam tem grandes chances de ir tão longe quanto seus planos conseguem enxergar.


 

Téc. Edf. Daniel de Albuquerque

Valuer e Perito Judicial | Sócio-adm e RT do CEAPASUL | Servidor público municipal | experiência em mais de 500 mil m² de área vistoriada para elaboração de laudos de avaliação de bens, inspeção predial, projetos, regularização de imóveis e licenciamento ambiental | Cavaleiro marginal banhado em ribeirão e Pai de Joaquim <3

7 visualizações0 comentário